Japão 1 x 4 Brasil

"Após fim de jejum, mundo exalta retorno do "matador" Ronaldo", diz o título de uma matéria de capa do Terra. Os gritos ontem na minha casa, na vizinhança eram dignos de uma final da copa, quando na realidade, era apenas um jogo do classificado contra o sem chances de classificação. O Japão que abriu o placar, com um belo gol de Tamada, além de belas defesas de Kawaguchi. Na verdade, o que eu estou querendo fazer aqui é uma crítica a população brasileira em geral, a narração de jogo, a tudo que contribuiu para uma euforia nada expontânea. Hoje pela manhã, aqui no trabalho, pude perceber o semblante de alegria de algumas pessoas com o resultado do jogo, afinal, tinham colocado quatro gols contra a seleção Japonesa, não eram dois como foram contra os Australianos ou o amarago resultado de estréia contra a seleção Croata, foram quatro, especialmente com dois gols do Ronaldo9 (A.k.A. Fenômeno) que todos diziam estar fora de peso por isso não desempenhava um bom futebol. Antes fosse apenas os comentários de praxe do pós jogo, mas, o povo se preocupa em comentar como Ronaldo melhorou (ou não) seu desempenho atribuindo coisas de sua vida pessoal, como justificativa para o que vem apresentando em campo, "é culpa da tal de Raica, sempre que ele está envolvido com mulher ele joga mal e ferra o Brasil", algo similar a isso comentou uma advogada hoje, como se, para o cara ter um desempenho pleno em campo ele (Ronaldo9) teria que viver uma espécie de abstinência. Como se não bastasse isso, foram feitos comentários a respeito da perda de peso do mesmo. . . Agora eu me pergunto, em que mudou a vida dos brasileiros a partir desta manhã de sexta (23.06)? Nada, o país continua o mesmo, com a dívida externa por ser quitada ainda, continuamos precisando de um controle rígido de natalidade, tentar combater e f e t i v a m e n t e com a criminalidade no país, apurar as causas e tomar atitudes cabíveis para aquele "quebra-quebra" que aconteceu no Congresso Nacional, que, aparentemente, teve o caso abafado, em virtude da Copa do Mundo, suponho eu. Porque o país tem que ser tão hipócrita? Ahh claro, somos "o país do futebol", que comanda as cabeças dos ignorantes com outros ignorantes que sequer o Hino Nacional sabem cantar (vide o caso de Rivaldo, que na Copa passada, confessou não saber a letra do mesmo). E de quem é a culpa por isso? Não, desta vez não é do Governo, mas sim da população em geral, quem paga os salários faraônicos aos jogadores? O povo, que vai ao estádio com a família ao invés de colocar comida na mesa e satisfazer a fome das crianças.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: