Anti-Americano… Mas porque?!

Se tem uma coisa que, parece ter virado moda, depois da invasão norte-americana ao Afeganistão, são pessoas dizendo o quanto repudiam o país e, por sua vez sua população, muitas delas, sem motivo convincente. Para ilustrar de uma forma simples e rápida o que eu quero dizer, basta abrir o Orkut e fazer um procura por comunidades do tipo “Odeio os EUA” que vão chover comunidades, todas elas sem fundamento algum, de pessoas que, se contradizem dentro de debates mal fundamentados, ou até mesmo, dizendo que não usam nada que seja de procedência norte-americana, claro, totalmente aceitável, são os mesmos que, desfrutam da Internet para expressar sua ira, que este veículo de comunicação por sua vez, é uma invenção norte-americana, como sabe-se, utilizam em seus computadores o sistema operacional mais usado no mundo, o Windows, que este foi criado por um árabe chamado Muhamad Abdul? Não, um norte-americano. Estas mesmas pessoas usam AllStar e ouvem Nirvana e no fim de semana, vão ao McDonalds com seus amigos anti-americanos. E, boa parte dessas pessoas pega como “aliado”, Michael Moore (autor de Fahrenheit 9/11) por causa de seu livro, posteriormente filme com críticas ao governo norte-americano, como se estivessem juntos numa batalha contra mal, sendo que este mal não existe. O que acho mais engraçado nisso tudo, principalmente desse pessoal todo é que, antes do governo de Geoge W. Bush, quando era Bill Clinton, ninguém tinha este sentimento de revolta, nem mesmo quando estourou aquela polêmica envolvendo o mesmo. Era sonho, projeto de muita gente ir morar nos USA, fazer dinheiro por lá e mandar uma ajuda para a família, mas isso mudou. As pessoas confundem os governantes com o país que, sabe-se muito bem que, além de ser a maior potência mundial, é um excelente lugar para se viver por vários motivos os quais, não tem necessidae que eu os enumere. Já ouvi / li os mais variados absurdos com relação a isso, como um amigo meu que, disse certa vez que, se fosse viajar ao Canadá iria pegar uma rotar maior do avião para que não precisasse nem passar por cima dos EUA, ou seja, absurdo, coisa de gente burra / ignorante, o que acho no minímo curioso, é que esse mesmo cara que fez tal afirmação, ouve Slipknot (que é uma péssima banda, diga-se de passagem) provém do tão odiado EUA, mais precisamente Iowa, que pelo que me consta, está no mapa norte-americano.

Uma coisa que esse povo de pensamento medíocre não pensa é, nas razões que o governo norte-americano teve para invadir o Afeganistão, não foram eles que seqüestraram dois aviões e os jogaram contra o World Trade Center? Ao que tudo indica sim, a idéia é procurar o principal suspeito. Eu queria ver se, ouvesse um atentado contra o Cristo Redentor, se o povo brasileiro não iria se revoltar e procurar algum método de encontrar quem causou tal fato. Condenam amargamente a invasão americana ao Iraque, como se Saddam Hussein fosse um pobre Chefe de Estado, que governava seu país de forma democrática, para a alegria de todos, quando se sabe que a história não é bem essa, é mais ou menos como ir de acordo com o que Fidel Castro faz em Cuba. Tá certo que esta é uma Guerra sem mocinhos ou bandidos mas, ficar fazendo julgamentos sem um bom argumento é dose. Bem, é isso que penso, enquanto alguns reclamam dos EUA, eu fico aqui, rindo da cara deles e ao mesmo tempo os agradecendo, por servirem de inspiração para mais um artigo.

Agora fica meu pedido a quem vem aqui ler meus artigos, se tem esse espírito “anti-americano”, me explique de forma convincente o porque disso nos comentários, okay? 

11 Respostas to “Anti-Americano… Mas porque?!”

  1. Já li os livros de Michael Moore.
    Ao que me parece ele escreve bem para fora, pois dentro de seu próprio país poucas pessoa ele consegue convencer.

    Eu sou anti-Bush.
    Bush é um assassino.

    Comparar Saddam com Fidel acho um pouco exagerado. Também não concordo com a ditadura de Fidel. Outro dia perguntei a um amigo norte-americano qual o tamanho interesse dos EUA em Cuba … ele disse-me que Cuba é um lugar muito bonito para se visitar …😀

  2. Charimann amigão, que post duca heim?
    Opiniões muito bem colocadas e fundamentadas.
    Tem muita gente que segue onda, que não se preocupa em se informar e criar uma opinião propria, fico feliz por não conviver com tantos assim. Fico feliz de saber que tenho leitores de tão boas opiniões como as suas. Parabéns.
    Um abração

  3. Pq e sempre mais facil agredir, ou melhor, olhar por quintal dos outros e dizer q ta feio ou sujo, pq limpar o seu e chato e ruim, entao enquanto se fala do outro se desvia a atençao do seu.

  4. Não sou contra o país chamado Estados Unidos. Não sou contra a cultura norte-americana, muito menos sou contra os que promovem o relacionamento pacífico entre os povos, enquanto Nação desenvolvida. Agora, que Bush é um assassino sanguinário, não tenho a menor dúvida! Quanto ao 11 de setembro, foi só uma resposta à política expansionista desenvolvida por esse lunático. Onde estão as armas nucleares e químicas do Iraque? Quantos WTC’s cairão ainda até que os EUA deixem de pensar que são a polícia do mundo. Que país é esse que apóia uma ação covarde e segregadora como a de Israel sobre a Palestina? A Palestina é árabe, entendam isso! Lamento que o povo americano tenha um presidente dessa espécie. Um governante que diz ter partido de uma mensagem de Deus a “ordem” para o ataque e invasão ao Iraque.

    Não sou anti-americano, pode estar certo disso. Sou anti-Bush, de corpo e alma. Esse sim, é o verdadeiro terrorista.

    Desculpe discordar, ok?
    Abração.
    DB.

  5. É meio que estar na moda ser anti-americano. Os Bush, pai e filho têm essa doença egocêntrica-louca-destruidora-lunática-ridícula contra o Oriente Médio (impor sua cultura é coisa de Império Romano, pelamordedeus!) que piora ainda mais as coisas. Inventaram desculpas para invadir países, dizendo haver armas que nunca existiram, mas que só disseram isso tempos depois de invadir o país. Só disseminando morte, dor e pobreza. Não tenho nada contra os EUA, sou contra a política dos “Gostosões do Mundo”, se comparando a semi-deuses. Os norte-americanos são um dos povos mais patriotas que já vi, não acho isso errado. Aqiu nós só temos amor à patria durante a Copa, e olhe lá…

    Errado são os governantes, não a população.

  6. Sinceramente, eu, como informata, nem posso ter atitudes anti-americanas…😛
    Eu não concordo com o modo como os Estados Unidos fazem a sua política exterior. Discordo da paixão do povo americano por guerra, do marketing que os mostra como os grandes heróis ao invadir o Iraque. Tá certo que o Saddam era muito ruim pra quele país, mas os EUA tb foram, nenhum dos dois é mocinho, pra mim os dois são vilões. É uma baita generalização invadir o Afeganistão, sem provas concretas de que foi o país que atacou as torres gêmeas, como se toda aquela população fosse terrorista. É que nem dizer que no Brasil TODO MUNDO gosta de carnaval e de futebol. É mais do que visível que o que move essas recentes guerras (e as antigonas também) é interesse econômico, e isso (buscar lucros, mascarando seus motivos em questões morais) todos os paises ricos (e mtos pobres tb) fazem, é hipocrisia colocar a culpa só neles. Mas que eu discordo, isso eu discordo.
    Mas concordo contigo ao achar ridículo essas pessoas que se acham “super politizadas” ao entrar em comunidades assim no orkut e dizer que são anti-americanas, enquanto veneram tantas marcas e produtos de lá… ridículo mesmo. A impressão que eu tenho eh que toda essa gente não pensa por si mesma, apenas segue correntes de pensamento já existentes. Tá na moda odiar os EUA, então elas odeiam. Tá na moda ser rebelde, odiar as pattys, queimar os boyzinhos, usar all star, então eles usam. Conheço um monte de pattys que viraram “góticas”. Pessoas sem personalidade, sem opinião própria. E provavelmente eh de pessoas assim que tu fala no teu post! ^^

  7. Queres um motivo bem fundamentado? aí tens, só tens de ter paciencia para o ler, eu tive-a ao escreve-lo para ti

    Eu sou anti-americano, mas para te explicar o porque de o ser teria k mudar o teu proprio conceito de anti-americano. É futil olhar para o sistema americano como um conjunto de marcas k decidi usar, fosse esse todo o mal do mundo….
    Ora bem, o governo americano aprovou atraves da CIA raptos de cidadaos estrangeiros no seu país de origem (k não sendo tao fortes como os EUA continuam a ser paises soberanos)com o proposito de serem torturados noutros paises (já k na America a tortura é proibida, e aí está um exemplo da hipocrisia americana) debaixo de um manto de medo k insistem em manter contra toda a civilização que de algum modo se opõe ao estilo de vida por eles imposto como o caso dos arabes fundamentalistas.
    E continuando a falar em arabes fundamentalistas, voçês decerto esqueceu que foram os proprios americanos que equiparam a Al Qaeda numa altura em que lhes interessava manter a influencia no medio oriente devido à crescente pressao da URSS pelo dominio do Afeganistao e agora simplesmente levam os “frutos” do odio que ajudaram a “plantar”.
    Voçe provavelmente tambem não sabe que Saddam Hussein contou a estrita ajuda americana numa altura “cimentar” o seu dominio ditatorial chegando mesmo a ser galardoado com um premio da Unesco e as armas americanas foram grande ajuda na guerra que combateu contra o Irao, ou seja, Saddam Hussein era aliado americano até ter decidido invadir o Kuweit onde os americanos tinham fortes interesses economicos.
    Agora que chegamos aos interesses econoimicos, sabe que país se recusou a assinar o tratado de Quioto que limita a poluição industrial? (os americanos, claro) Se os EUA são os defensores da liberdade e têm tantos problemas com o terrorismo porque não concentram efectivos militares no sudeste asiaticos onde a propria Al Qaeda tem multiplicado a sua força? Porque lá não à dolares a ganhar… ou entao pk não envia militares para a provincia de Darfur onde Senhores da Guerra de crenças fundamentalistas islamicas praticam autenticos genocidios elevando o numero de mortes a um milhão e contando em mais de dois milhões o numero de refugiados, porque lá não há dolares a ganhar… aliás, os unicos dolares que os americanos ganham em Darfur são os dolares das vendas de armas aí negociadas…
    Uma frase que ecoa na minha memoria é a celebre frase do Bush aquando da invasão do Iraque “quem não for por nós está contra nós”, então não tenho o direito de decidir ser neutro ou contra mais uma guerra?
    Se a combustão motora por combustiveis fosseis é uma tecnologia ultrapassada e hoje existem alternativas mais baratas ao consumidor e muito mais limpas porque continuamos a usar petroleo? porque esse mesmo mercado é o motor legal da economia Americana!
    Achas que os americanos no seu país têm mais liberdade que tu no teu??? A censura é pratica corrente na America…

    Portanto falar do consumo mundial da Microsoft ou da Coca Cola ou da Mac Donalds e rotular todo o anti-americano que o consome como hipocrita é ter uma visao demasiado infantil sobre a sociedade e politica que o rodeia… é como se diz: “o pior cego é aquele que não quer ver…

  8. Muito legal e bem colocado. Existe um habito terrível do ser humano em si seja americano, sovietico, gregos e troianos e até mesmo os brasileiros que é generalizar e acredito que seja através desse ato de generalizar que acabam sendo gerados os pre-conceitos e isso tudo leva a mais guerra e mais desavença. Parabéns pelo comentário. Concordo plenamente.

  9. giotto- Alguém que escreve um texto tentando provar algo e escreve “Você” com ç não merece ser ouvido. Demonstra mais uma vez a sua ignorância.

  10. cara os EUA estao em frequente expançao territorial, mas ao invez de conquistar terra conquista cabeças. ninguem percebe, mas os EUA estao dominando o mundo (se e que ja nao dominaram)

  11. fuck you

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: